Matéria publicada em 03/05/2018 às 08:41:50

Visitas: 897

Fugitivo de alta periculosidade condenado a mais de 40 anos de prisão, que já matou PM, sai pela porta da frente de Delegacia, em Nova Brasilândia

O fato estarrecedor que gerou uma grande polêmica no município de Nova Brasilândia, aconteceu neste feriado de 1º de maio, após a prisão de uma quadrilha formada por seis indivíduos, todos de Porto Velho, que tentaram furtar uma agência bancária, que somente este ano, já foi duas vezes alvo de bandidos.

 

Depois de mais de 15 horas de intensa buscas, a Polícia Militar, através dos Núcleos de Inteligência, Policiais de Rádio Patrulha e PM’s de folga do 4º BPM, conseguiu capturar o bando que já estava fugindo em um veículo Gol para a Capital. Dos seis abordados, três eram foragidos do sistema prisional. Clique no título abaixo e reveja a matéria:

 

Notícia publicada em 01/05/2018 - 10:27:43 Bandidos da Capital são presos em Nova Brasilândia após tentativa frustrada de furto a banco

 

Logo após os trabalhos de praxe, onde todos foram ouvidos pelo Delegado Titular da Delegacia local, em Nova Brasilândia, e para a surpresa e desânimo de todos, apenas dois bandidos ficaram presos. Até mesmo o Leonardo Alan Oliveira da Costa, que foi preso algumas horas depois do crime tentando fugir de ônibus, não permaneceu na cadeia por muito tempo.

 

Porém, o caso mais grave de impunidade foi o do fugitivo considerado de alta periculosidade, identificado como Antônio Silva de Oliveira, vulgo “Gordo ou Pitbull”. Mesmo apresentando uma carteira de identidade falsa, mentido o nome várias vezes e confirmando que realmente estava foragido do sistema prisional, não ficou preso. Ele foi ouvido e liberado, simplesmente porque não havia mandando de prisão ou qualquer ordem judicial em seu desfavor. Nem a última fuga havia sido registrada no sistema.

 

Antônio Silva de Oliveira foi preso em 2013, acusado de ter matado um Cabo da COE (Companhia de Operações Especiais), em Porto Velho, no ano de 2006. Na época em que ele foi preso, já estava foragido da cadeia acusado de mais de ter cometido três homicídios e também Tráfico de Drogas. De acordo com a Polícia, sua pena ultrapassa 40 anos de reclusão.

 

Notícia publicada em 21/03/2013 - 15:06:00 PERIGOSO – Matador de policial da COE é preso em Porto Velho

 

Há exatamente dois anos, no dia 02 de maio de 2016, 39 presos, entre eles Antônio Silva de Oliveira, fugiram do Centro de Detenção Provisório Masculino (CDPM), em Manaus/AM. Na época, a Secretaria de Estado de Administração do Amazonas, publicou um alerta, onde mencionava a periculosidade dos fugitivos. Clique no título abaixo e veja a matéria:

 

Notícia publicada em 02/05/2016 - 19:14:00  Após fuga de 39 presos, secretaria divulga fotos de procurados no AM

 

Matéria:www.comando190.com.br

Comente Pelo Facebook

©Copyright 2016 - Todos direitos reservados a
Rotacomando.com.br