Matéria publicada em 26/06/2018 às 09:01:37

Visitas: 1048

Três motos foram recuperadas e duas armas apreendida durante rápida ação da Polícia Militar, em Ji-Paraná

Durante a noite desta segunda-feira, dia 26, a Polícia Militar, em Ji-Paraná, desmantelou uma quadrilha que vinha praticou diversos assaltos nos últimos dias. Com o bando, três motocicletas roubadas foram recuperadas, duas armas e diversos produtos roubados de residências foram apreendidos.

 

De acordo com a Polícia, logo que dois indivíduos roubaram uma motocicleta Honda Bros, na altura da Rua T-28 com a Rua K-05, no bairro Nossa Senhora de Fátima, policiais militares do núcleo de inteligência conseguiram levantar o endereço onde a moto estava escondida e com o apoio das Guarnições de Rádio Patrulha, cercaram o local.

 

No quintal da casa, que fica na Rua T-20, no bairro JK, os PM’s encontraram três motocicletas, sendo duas roubadas recentemente e ao fazer uma busca minuciosa pelo interior do imóvel localizaram uma porção de maconha, várias joias e uma pistola de pressão que foi usada em diversos assaltos.

 

Neste local, dois ex-presidiários que saíram recentemente da cadeia foram presos. Eles foram identificados como Janderson Santos da Silva, vulgo “Amazonas” e Pábulo Henrique da Silva Nunes, de 20 anos.

 

Continuando com a diligências, os Policiais Militares foram até uma outra casa, localizada nos fundos de um ponto comercial, na Rua 31 de março, próximo a Escola Lauro Breno, no 1º Distrito. Ao fazer o cerco nesta casa, dois indivíduos conseguiram fugir, pulando cercas e muros, porém três suspeitos não tiveram a mesma sorte e foram abordados. Eles foram identificados como Fabrício dos Santos Silva, Fabiano Pereira de Paula e um adolescente de 17 anos.

 

Dentro desta casa, os policiais encontraram uma motoneta Honda Biz que foi roubada na semana passada e dezenas de objetos roubados recentemente de residências. Também foi localizado uma arma de fogo artesanal e munições. Na parede de um dos quartos, os suspeitos pintaram com tinta amarela a sigla “C.V.”, da facção criminosa Comando Vermelho.

 

Diante da situação, todos os envolvidos foram conduzidos para a UNISP, juntamente com os produtos apreendidos e apresentados à autoridade policial.

 

 

 

Matéria:www.comando190.com.br

Comente Pelo Facebook

©Copyright 2016 - Todos direitos reservados a
Rotacomando.com.br