Matéria publicada em 07/01/2017 às 10:14:34

Visitas: 590

Ministro Andreazza: Moto que pode ter sido usada na morte de ex-prefeito é achada

Uma motocicleta queimada foi localizada, nesta sexta-feira (6), na zona rural de Ministro Andreaza (RO), na região da Zona da Mata. A polícia acredita que o veículo é o mesmo utilizado pelos criminosos para matar o ex-prefeito Neuri Carlos Persch (PTB) a tiros, na noite da última quarta-feira (4), quatro dias após deixar o cargo da administração municipal. A moto foi achada queimada. Após o trabalho da perícia, o veículo foi recolhido ao pátio do quartel da Polícia Militar.


De acordo com o comandante da Polícia Militar (PM), em Ministro Andreazza, Amâncio de Carvalho, a central de operações recebeu uma ligação informando que havia uma motocicleta queimada em frente a uma porteira localizada no travessão da Linha 4, próximo do perímetro urbano do município. Após receber a denúncia, as guarnições de plantões se deslocaram até o local e confirmaram a veracidade da informação.


"Em contato com o dono da propriedade, ele nos relatou que na noite de ontem passou no local junto com o filho e não viu nada de anormal na frente a porteira do sitio da família. E hoje ele foi surpreendido com a moto queimada, em frente de sua propriedade", revela.


A Polícia Civil e a Polícia Criminal foram acionadas até o local.  Após o trabalho da perícia, a moto foi recolhida ao pátio do quartel da PM no município. 


O comandante da PM e o delegado Edson Florêncio, responsável pelas investigações da morte do ex-prefeito, confirmaram que o veículo localizado nesta sexta-feira possui as mesmas da motocicleta utilizada pelos criminosos que assassinaram Neuri Carlos Persch.


"Vamos continuar com as investigações, ouvindo testemunhas e acompanhado os trabalhos da perícia para se confirmar se realmente se esta localizada hoje, é o mesmo veículo usado no crime", revela o delegado.

 

Crime 


Neuri Carlos Persch foi assassinado a tiros na noite da última quarta-feira (4), quatro dias após deixar o cargo da administração municipal. De acordo com informações da Polícia Militar (PM), Neuri estava perto da casa da mãe, quando dois homens em uma moto se aproximaram e efetuaram mais de 5 disparos contra a vítima.


Conforme informações de testemunhas, após o crime os suspeitos fugiram de moto pelas ruas, próximo de um bosque. Por causa dos ferimentos provocados pelos disparos, o ex-prefeito morreu antes mesmo da chegada de socorro.


Neuri tinha atualmente 48 anos e, na quarta-feira (4), havia sido nomeado secretário de planejamento da prefeitura de Cacoal (RO), que fica a cerca de 40 quilômetros de Ministro Andreazza. No último domingo (1°), Neuri passou o cargo da prefeitura para Arnaldo.


Crime encomendado


O comandante da Polícia Militar acredita que o crime foi encomendado, pois Neuri já tinha recebido ameaças de morte. Nenhum suspeito do crime foi preso.


De acordo com informações da Polícia Militar (PM), Neuri estava perto da casa da mãe, quando dois homens em uma moto se aproximaram e efetuaram mais de 5 disparos contra a vítima. Ele morreu na hora, antes da chegada do resgate.


O comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar, Paulo Sytiá, acredita que pelas características do crime este tenha sido planejado e encomendado por alguém. Ainda de acordo com Sytiá, outro fator com contribui com a hipótese é que Neuri havia relatado ter sofrido ameaças de morte, quando era prefeito da cidade.

 

Fonte: G1

Comente Pelo Facebook

©Copyright 2016 - Todos direitos reservados a
Rotacomando.com.br